Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 14, 2017

Governo Obama, que apoiou o golpe, não deixa saudades

Imagem
No último dia 10 de janeiro, Obama fez seu discurso de despedida. Repetindo a fórmula que deu certo nesses oito anos de governo, um pronunciamento cheio de frases de efeito (como aquela que alavancou sua primeira eleição: yes, we can) e uso apelativo à emoção do expectador.
Quando foi assunto à Casa Branca, pensávamos que ele seria um presidente capaz de alterar, mesmo que minimamente, a relação imperialista dos EUA com o mundo.
Com simpatia e muita mídia, sorriso farto no rosto, sempre posando de bom mocinho, ele cumpriu à risca o ritual de um presidente americano: promoveu guerras, apoiou golpes na América Latina (inclusive no Brasil), esteve do lado de Wall Street todo o tempo.
Durante seu governo, ficamos sabendo que a espionagem americana usurpa a independência e autonomia dos países, bisbilhota vidas de autoridades mundo afora e trama guerras, golpes e intervenções: especialidades de um país que se acha “dono do mundo”.
Como donzela traída depois que o episódio foi vazado, via Edwar…

Entrevista "Brasil de Fato MG" sobre sistema prisional brasileiro

Imagem
“POBRES E NEGROS SÃO AS PRINCIPAIS VÍTIMAS DO SISTEMA PRISIONAL”, AFIRMA ESTUDIOSO
VIOLÊNCIA: Percentual de aprisionados no país cresce 15 vezes mais que a população
Wallace Oliveira - BdeF Minas
A população carcerária no Brasil já ultrapassou mais de 600 mil pessoas. A cada dia um preso é assassinado. Só em 2016, foram mais de 370 mortes violentas nesses estabelecimentos, segundo dados públicos. Nos últimos dias, no Amazonas e em Roraima, o país presenciou o maior massacre em unidades prisionais desde a chacina de Carandiru. Entretanto, governos, meios de comunicação e a maioria da população insistem em apontar como solução medidas que, aplicadas ao longo de décadas, já se mostraram fracassadas: aumento das prisões, punição e violência promovida pelo Estado, em um modelo que atinge seletivamente os mais pobres, negros e jovens da periferia. Para discutir esse assunto, o Brasil de Fato MG conversou com o cientista social Robson Sávio, coordenador do Núcleo de Estudos Sociopolíticos da PU…