Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 8, 2015

A grande coalização conservadora e sua empreitada golpista

Imagem
Atualmente, o front do golpe se dá na Câmara dos Deputados. Talvez, a expressão “Câmara de Vendilhões”, ao invés Câmara dos Deputados, seja a melhor expressão para se definir aquela casa na atual legislatura e nesse momento político. Vendilhão é um termo que significa “aquele que se vende fácil”. Ressalve-se que ainda restam alguns deputados e deputadas, um grupo minoritário, infelizmente, que honram o voto popular naquela babilônia à brasileira.
A “Câmara de Vendilhões” só chegou a esse nefasto ponto (alterando regras procedimentais para atendimento de demandas pessoais e casuísticas do grupo pro-impeachment, por exemplo), porque dois fatores se associaram: uma coalizão de direita nunca antes eleita (e forjada magistralmente pelos partidos de oposição, notadamente PSDB, DEM e PPS pós eleições); e a liderança de um deputado cujo modus operandi combina artimanha política, perversidade negocial e um caráter patologicamente perverso.
Comecemos pela análise de Eduardo Cunha, um dos líderes…